Artigo Exclusivo Matéria Exclusiva

COMO AS EMPRESAS DOS CONSOLES ESTÃO SE MOBILIZANDO COM SEUS NOVOS PROJETOS?

Compartilhe este artigo

O ano de 2019 foi de muitas especulações sobre o futuro dos videogames. Rumores daqui, boatos de lá… a verdade é que a internet e o rápido acesso à informação pressionaram as empresas a darem algum posicionamento sobre a geração que vem adiante. Em ciclos com média de 7 anos, a Sony, a Microsoft e a Nintendo apresentam um novo hardware para jogos eletrônicos. O conceito pode variar: mais potência, mais mídias, mais criatividade para interface e controle… já experimentamos de tudo.

Chegando a essa altura do campeonato, onde a tecnologia deu passos largos em entretenimento, talvez a parte visual já nem seja o fator X da questão. O essencial é a entrega de um bom game, e que ele respeite as resoluções dos novos formatos apresentados no mercado. Somado a isso, cada empresa precisa estar conectada com os estúdios, facilitando os softwares de criação de jogos. Tudo isso é fruto de muito aprendizado de décadas de videogames. E para a próxima geração, o que se sabe até agora? Vamos pegar um pouco do que já temos de informação para cada empresa.

NINTENDO
(Switch)

A Big N é a empresa mais importante do mercado dos jogos eletrônicos e de toda a história do setor. Foi responsável pela sobrevivência dos consoles perante uma crise que quase culminou no final definitivo dessa área do entretenimento nos anos 80. A empresa despontou algumas vezes em tecnologia, até que chegou um momento onde a criatividade passou a ser essencial e, acima de todas as evoluções gráficas, a atribuição mais levada em conta. E não há de se subestimar: desde que os outros consoles passaram a apresentar hardwares mais potentes e a Nintendo manteve-se um pouco aquém, ainda assim, seus jogos exclusivos sempre foram insuperáveis. Por exemplo, o premiadíssimo Breath of the Wild, uma das lendas de Zelda.

A Nintendo anunciou oficialmente que vai manter seu foco no Switch. Algumas fontes apontam que eles irão lançar uma espécie de Switch PRO no final do ano, mas manterão as bases do console. De fato, o Switch vai “muito bem, obrigado”. No ano passado, teve mais jogos lançados para o híbrido do que a soma dos jogos de Ps4 e Xbox One. E isso é muito significativo.

 

MICROSOFT
(Xbox)

Projeto Scarlett. Era assim que conhecíamos o novo hardware que a Microsoft estava desenvolvendo, até o ano passado. Então, eles apresentaram o Xbox Series X, um console que se parece muito com uma CPU, mas que promete uma potência inimaginável até o presente momento. “Series X” é o modelo desse console. A Microsoft pretende nomear seus novos videogames apenas de Xbox, com versões diferenciadas. Isso acende uma luzinha de alerta: quantificar este tipo de produto pode não ser uma boa ideia. Entenda: seria como os modelos de iPhone. Tem o 11, o 11 PRO e o 11 PRO MAX. Seria arriscado fazer isso também com o Xbox.

Mas então, do que sabemos até agora, o novo Xbox tem uma janela de lançamento entre novembro e dezembro deste ano. Além de oferecer potência para jogos com resolução até 8k, também vai proporcionar a retrocompabilidade desde o lançamento, rodando os games de Xbox One, Xbox 360 e do primeiro Xbox. A empresa agora se preocupa em encontrar estúdios para produzir games exclusivos para o sistema. Nossa expectativa é que no campo da publicidade, a Microsoft não pise na bola desta vez. Quando anunciaram o Xbox One, houve um erro imensurável no posicionamento da divisão Xbox. Bom, lição aprendida. Certo? CERTO?!

 

SONY
(PlayStation 5)

Em questão de nome e conceito, a Sony decidiu não ir longe demais. E isso é correto. Manteve a identidade visual da marca, trocando apenas o número da logo. Surgiram várias especulações sobre o novo console da empresa no ano passado por várias razões. A primeira delas é que eles estavam entregando Dev Kits para os estúdios de games, para que pudessem começar a “se divertirem” com as nossas atribuições do que virá a ser o Ps5. Graças à antecedência da Sony nesse campo, o Ps5 já será lançado com games exclusivos logo de cara. Os jogos serão mostrados no decorrer do ano. Outros sinais do Ps5 foram as patentes do console e do DualShock5, que especificavam não apenas os direitos legais dos produtos como também suas medidas e alguns detalhes físicos. O PlayStation 5 está programado para dezembro deste ano.

O novo controle do Ps5 vai ter uma tecnologia de texturização. Você não apenas sentirá o controle vibrar por explosões, mas sensações diferentes quando estiver andando por um local cheio de lama, pela água ou pedras. Esse diferencial já foi testado por um jornalista e ele ficou chocado e se perguntando como conseguiram a façanha? É possível também que o novo DualShock venha com dois novos botões na parte traseira (ja em testes com um novo produto que a Sony está testando no DualShock atual) e uma touchscreen LED onde hoje fica o pad de navegação. É muito pra se imaginar, não é mesmo? Mas é quase certo que assim será.

Já sobre o videogame… alguns técnicos disseram que o processamento do hardware é tão rápido que o carregamento de Marvel’s Spider-Man leva apenas 1 segundo! Então, tipo… é MUITO rápido! A empresa também registrou alguns acessórios tipo o antigo Memory Card, mas SSD. Supõe-se que serão para armazenamentos extras de jogos, aplicativos e saves. A Sony também está padronizando os seus novos televisores 8k, de forma que já sejam compatíveis com o futuro PlayStation 5. Por fim, existe um novo VR a caminho, mais leve e sem fios que provavelmente poderá fazer parte do novo sistema.

Apesar de tudo isso, a Sony ainda não mostrou oficialmente nenhum dos itens acima. Mas já confirmou que todos estão em andamento. E o que a gente faz? Apenas esperamos.

 

Esta é uma ideia conceitual de uma agência alemã de como seria o DualShock 5.

 

A mesma agência simula o que seria o formato do Ps5, de acordo com os registros. Muito lembra o design do Ps2.

 

Este foi o protótipo entregue com o DEV KIT do Ps5. O formado de V é o número romano correspondente.

Joinville Games
A Joinville Games é uma loja especializada em venda, locação e assistência técnica de video games.
http://www.joinvillegames.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *